Veneno, maquiagem e antídoto

Gostaria de uma visão mais otimista

Dessas que se serve em doses

E toma-se de uma vez, virando o veneno direto para o estômago

Gostaria que toda vez que o Sol raiasse

Houvesse a certeza de que vivíamos um sonho

Desses que se acorda suando, mas que ao abrir os olhos tudo se acaba

Gostaria de acreditar que iremos nos acostumar à situação

Lavar as mãos, limpar as chaves antes e depois de sair, ficar distante

De um jeito que fosse possível tanto para quem está nas ruas, no combate ou em casa

Gostaria que a ausência do grito das manifestações, naquele belo conglomerado, fosse tão ensurdecedor

Quanto o que se faz no lar agora

Estudando, se organizando, pensando

Gostaria que o presidente fosse derrubado

Mas que, com ele, todo o sistema

Sem maquiar o que se chama de democracia

Gostaria que com o antídoto viesse a consciência

De que no sistema que vivemos a vida é insustentável

E, com isso, a luta pelo direito de viver em paz

Para todos

--

--

comunicadora social, militante das liberdades emancipadoras, com muitas ideias apaixonadas para mudar o mundo e a si mesma. aqui vc encontra crônicas e emoções.

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Angélica Yassue

Angélica Yassue

98 Followers

comunicadora social, militante das liberdades emancipadoras, com muitas ideias apaixonadas para mudar o mundo e a si mesma. aqui vc encontra crônicas e emoções.